Luz na passarela que lá vem ela: A ansiedade

9/22/2017

 

 

Outro dia desses estava saindo de uma escola do ABC Paulista e encontrei um menino de mais ou menos 13 ou 14 anos lendo o livro "Ansiedade" do Augusto Cury e com um spinner na mão, agora me pergunto se esse não era um brinde que veio na compra do livro. Enfim, fiquei tão impressionada em vê-lo lendo um livro denso para sua idade que perguntei a razão dele ter escolhido esse livro e com uma afeição nada convidativa a uma possível conversa ele me disse que a mãe o pediu para ler.

Eu sempre achei que ansiedade era aquele friozinho no estômago, que era um excesso de entusiasmo e expectativa por algo que estaria por acontecer. De certo modo é, mas a ansiedade vai muito além disso. Durante boa parte da minha vida eu sofri com a ansiedade sem saber exatamente o que era e obviamente sem saber como lidar com seus efeitos colaterais.

Eu sou uma menina nascida em Goiânia, criada em Brasília e residente de São Caetano do Sul. Quando garota me considerava uma menina aquém do perfil da minha geração, e isso na verdade fazia eu me sentir especial, afinal de contas nunca gostei de me parecer com todos. Até que um dia eu fui apresentada a um estudo de gerações e fiquei simplesmente surpresa por ver que meu estilo "diferentona" fazia parte do perfil da minha geração. Estou na média, quero o que todos querem e sofro com a ansiedade como os demais.

O tema da ansiedade está em voga e por diversas vezes ouvimos nas pesquisas e noticiários que esse é o mal do século. Mas quando lemos a bíblia percebemos que a ansiedade já está entre os reles mortais muito antes de o trazermos para as passarelas. Somos essencialmente preocupados, impetuosos, precipitados e desconfiados. Aceleramos nossos pensamentos rumo à ladeira da tristeza profunda e de outros males. 

 

Penso que é preciso irmos contra a nossa natureza e reaprendermos a viver mais devagar, confiantes, prudentes e descansados. Mas eu não vejo que isso seja possível apenas olhando para nós mesmos, tirando força do nosso interior. Só encontro um caminho viável para uma vida que resgata a essência do plano original do ser humano: Jesus Cristo. 

 

O nosso interior bagunçado por causa da ansiedade não era pra ser assim. Somos seres criados inicialmente com paz, conciliados conosco mesmo, com o Criador e com tudo criado. Mas foi o desejo de independência em relação ao Criador que deu start a ansiedade, nos tirou o oxigênio e nos levou a respirar em sacos de papel. E Jesus Cristo se fez caminho pra nos religar ao Pai e nos trazer essa comunhão rompida por nós ao declararmos nossa independência Dele. E se ele é o caminho, nosso meio de locomoção é a oração.  

 

"Não andeis ansiosos por coisa alguma; antes em tudo sejam os vossos pedidos conhecidos diante de Deus pela oração e súplica com ações de graças; e a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos pensamentos em Cristo Jesus". Filipenses 4:6,7 

 

Spurgeon disse que o substituto da ansiedade é a oração. Em uma pregação feita em janeiro de 1888 ele disse: "converta em uma oração tudo o que seja uma preocupação, as ansiedades devem ser a matéria prima das suas orações [...] batizem cada ansiedade em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo e assim convertam-na em uma benção".

 

Quando ouvi esse trecho de sua fala, pra mim foi como beber água gelada em um dia quente. Pra cada ansiedade devo gerar um motivo de oração. Te encorajo a fazer o mesmo. Comece a respirar fora do saco de papel. Ventile seus pensamentos com algo muito mais elevado que você. 

 

Se quiser ouvir a pregação na íntegra, acesse https://www.youtube.com/watch?v=I3kXjMd7Xb0&t=1012s 

 

Até mais!

 

 

 

Camila Barbosa , 27 anos Casada com Marcos Barbosa, meu lindo barbudo.
Nascida em Goiânia, crescida em Brasília e amadurecida em São Caetano do Sul - SP
Formada em Relações Internacionais Mobilizadora de recursos para a missão 
E apaixonada por conhecer lugares novos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Please reload

November 26, 2018

Please reload

POSTS RECENTES